Eleanor Parker, atriz que interpretou o papel da Baronesa Elsa Schraeder em «Música no Coração», morreu na segunda-feira, aos 91 anos, em Palms Springs (Califórnia), na sequência de uma pneumonia, noticia a BBC News.

A participação em «Música no Coração», em 1965, contracenando com Christopher Plummer e Julie Andrews, foi o último grande papel de destaque de uma atriz que, até então, tinha sido nomeada para três Óscares.

«Mal posso acreditar nesta triste notícia, porque tinha a certeza que ela estava encantada e viveria para sempre», lamentou Christopher Plummer, citado pela BBC.

O protagonista masculino de «Música no Coração», atualmente com 83 anos, lembrou Eleanor Parker como «uma das mais lindas mulheres» que conheceu ao longo da vida, destacando a sua personalidade e beleza.

«Encarcerada» (1950), «História de um Detective» (1951) e «Melodia Interrompida» (1955) foram os filmes que valeram a Eleanor Parker as três nomeações para o Óscar de Melhor Atriz Principal. A atriz venceu o prémio nessa mesma categoria durante o festival de cinema de Veneza de 1950 pelo desempenho em «Encarcerada».

A partir da década de 1970, Parker passou do cinema para as séries e filmes de televisão, fazendo pequenas participações em «O Barco do Amor» ou «Crime, Disse Ela». O seu último trabalho creditado aconteceu em 1991, no telefilme «Dead on the Money».