Se é fã da série «Foi Assim Que Aconteceu» (How I Met Your Mother, no original), certamente que conhece algumas das teorias elaboradas pela personagem Barney Stinson, interpretada pelo ator Neil Patrick Harris. Pois fique agora a saber que uma delas, a do «efeito cheerleader», aplica-se não só à ficção, mas também à realidade.

Num dos episódios da série, Barney Stinson explica aos amigos o que é o «efeito cheerleader»: algumas mulheres até parecem bonitas quando estão em grupo, mas, sozinhas, não são nada atraentes.

Agora, os cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, vêm dar razão à teoria de Barney e, além de a confirmarem, adiantam que se aplica a todas as pessoas, homens ou mulheres.

Segundo os investigadores, quando se observa o rosto de vários indivíduos em conjunto, o cérebro cria um padrão, como se de uma média se tratasse. Assim, muitas caras podem ser mais atraentes quando são vistas em grupo do que quando são observadas de forma individual.

O artigo foi publicado publicado na revista científica «Psychological Science».