Chuck Palahniuk, o autor da obra que inspirou o filme de David Fincher «Fight Club» (Clube de Combate), confirmou que está a trabalhar numa sequela para o livro. Só que, desta vez, a obra, que se tornou num filme de culto protagonizado por Brad Pitt e Edward Norton, vai ser uma novela gráfica.

O site «Huffington Post» refere que, depois de alguma especulação na San Diego Comic-Con, Chuck Palahniuk confirmou no seu site oficial os planos para o projeto.

«Sobre a novela gráfica, é verdade. A Chelsea Cain já me apresentou a artistas e criadores da Marvel, DC e Dark Horse e eles estão a acompanhar-me no processo. Provavelmente será uma série de livros que atualizam a história dez anos depois do presumido desaparecimento de Tyler Durden. Hoje em dia, o Tyler conta a história, à espreita dentro do Jack e pronto a regressar. O Jack está absorto. A Marla aborrecida. O seu casamento entrou na linha enfadonha da vida suburbana. Só quando o filho desaparece, sequestrado por Tyler, é que Jack é arrastado novamente para o mundo da desordem. Claro que será [uma obra] negra e caótica. Devido a obrigações contratuais, ela [a obra] não poderá ver a luz do dia durante um tempo. (...) talvez o meu editor permita que o lance no início de 2015», escreveu.

Fica agora uma pergunta: será que, se a sequela na forma de banda desenhada for um sucesso, teremos a versão cinematográfica?