A longa-metragem «As cinquenta sombras de Grey», de Sam Taylor-Johnson, só será estreada em Portugal em fevereiro, mas os bilhetes serão colocados à venda a partir de sábado, com dois meses de antecedência.

Fonte da distribuidora NOS Lusomundo Audiovisuais explicou à agência Lusa que esta é uma iniciativa inédita na exibição de cinema comercial em Portugal - uma venda de bilhetes para um filme com esta antecedência -, em resposta aos pedidos de informação por parte de exibidores e espetadores.

Os bilhetes estarão à venda em mais de trinta localidades, abrangendo 55 salas de cinema de vários exibidores portugueses, e são válidos apenas para a primeira semana de exibição do filme, de 12 a 18 de fevereiro.

«Não somos o único país que o está a fazer (neste momento são vários), apesar de termos sido o primeiro a propor esta iniciativa à Universal», explicou a mesma fonte.

«As cinquentas sombras de Grey», da realizadora Sam Taylor-Johnson, é uma adaptação cinematográfica de um dos romances de uma trilogia erótica de sucesso da escritora britânica E.L. James.

O vídeo com as primeiras imagens do filme, divulgado em agosto no Youtube, bateu recordes de visualizações, atestando a expectativa dos espetadores, possivelmente os leitores da trilogia.

A estreia em Portugal acompanhará a estreia internacional, marcada para fevereiro.

«As cinquenta sombras de Grey» é o primeiro romance de uma trilogia publicada entre 2011 e 2012, primeira e única obra literária da autora britância E.L.James, de 51 anos, ligada ao meio televisivo, que, de um momento para o outro, se tornou famosa e, segundo a revista Time, uma das mulheres mais influentes de 2012.

A trilogia, que se centra na relação e nos jogos sexuais entre Christian Grey, multimilionário de 27 anos, e Anastasia Steele, estudante universitária, atingiu vendas na ordem dos cem milhões de exemplares, segundo contas da editora.

Em Portugal, a trilogia está editada pela Lua de Papel, liderando a tabela de vendas da editora.

No cinema, os protagonistas do romance são interpretados por Dakota Johnson e Jamie Dornan.