Josh Brolin, Emily Blunt, Denis Villeneuve e Benicio Del Toro em Cannes (Foto: REUTERS)

De acordo com o jornal britânico “The Guardian”, a atriz Emily Blunt está entre as estrelas de Hollywood que já se pronunciaram sobre a alegada medida, classificando-a como "muito desapontante".

 

Os três homens que acompanharam Emily Blunt, esta terça-feira, durante uma sessão fotográfica, o realizador Denis Villeneuve e os atores Benicio del Toro e Josh Brolin, já ameaçaram mesmo calçar sapatos de salto alto para as sessões desta terça-feira à noite. 

 

 

De acordo com o site Screen Daily, que difundiu a notícia, o Festival de Cannes confirmou que era obrigatório o uso de saltos altos na passadeira vermelha. Mas o diretor do festival desmentiu e disse que os rumores eram "infundados".  

 

"Para as escadas, os regulamentos não mudaram: 'não fumar, vestuário formal’.  Não há menção ao tamanho dos saltos", disse Thierry Fremaux, na rede social Twitter.

No site do evento, uma nota sobre o  dress code parece confirmar as declarações de Fremaux.

 

 "Fato escuro/vestido de noite obrigatório para as galas de visualização de filmes", diz o site, sem qualquer referência aos sapatos.  

O Screen Daily noticiou a situação depois de uma fonte a que chama "um habitual do Festival de Cannes" ter contado que uma mulher que calçava sabrinas com diamantes incrustados ter visto a entrada negada por causa do calçado.

 

"Alguém que eu conheço foi bloqueado por usar umas agradáveis sabrinas, nada do que se levaria para a praia. Eles [organização] estão parados nos anos 50: disseram-lhe que ela podia ir comprar outros sapatos e voltar”, referiu a fonte.

Asif Kapadia, cujo documentário sobre  Amy Winehouse foi exibido no festival a semana passada, também contou, no Twitter, que a mulher foi interrogada sobre os sapatos baixos, ainda que a entrada no evento tenha sido autorizada.