Kim Kardashian West tornou-se a mais recente vítima de Vitalii Sediuk, o ex-apresentador de televisão, famoso por agredir estrelas de cinema. Já agrediu Brad Pitt e Leonardo DiCaprio no tapete vermelho. A estrela foi atacada na noite desta quinta-feira.



No vídeo, a estrela do «reality show» pode ser vista a sair do carro, no meio de vários fãs, na Paris Fashion Week. Estava acompanhada de Kanye West e a mãe, Kris Jenner. Sediuk tentou agarrar-lhe as pernas e atirá-la ao chão, antes de vários seguranças intervirem.

«Eu espero que a Kim esteja bem e não fique com raiva de mim, não fiz por mal» disse Vitalii ao MailOnline, após o incidente. Explicou ainda que a sua decisão de ter escolhido Kardashian, era o seu protesto contra os EUA por o proibirem de entrar no país.

Sediuk agrediu Brad Pitt em maio, na estreia do filme de Angelina Jolie, «Maleficent», em Los Angeles. Foi condenado a três anos de liberdade condicional, um ano de aconselhamento psicológico e 20 dias de serviço comunitário.

«Eu não me importo com pessoas exibicionistas», disse Brad Pitt, «mas se continuar assim ele vai estragar tudo aos fãs que esperaram a noite toda por um autógrafo».

Brad Pitt não foi o primeiro a ser «atacado» por Vitalli Sediuk. Em janeiro no SAG Awards, Sediuk abraçou Bradley Cooper em volta da cintura, com o rosto pressionado entre as pernas. Tentou algo parecido com Leonardo DiCaprio no Santa Barbara Film Festival, em fevereiro. Também foi visto a andar por baixo do vestido de America Ferrera em Cannes, em maio.