O escândalo que se provou exagerado mas que exterminou as ambições políticas de Dominique Strauss-Kahn vai passar para o cinema.

O polémico ex-diretor do FMI é interpretado por Gérard Depardieu, o ator francês que pediu a cidadania russa por causa dos impostos.

Acabam de ser divulgadas as primeiras imagens do filme, que promete prosseguir o tom de escândalo de toda a história.