O Fantasporto vai atribuir o Prémio Carreira à atriz britânica Catriona MacColl, anunciou esta quarta-feira a organização, que recordou as dezenas de longas-metragens em que participou, tendo sido a «atriz-fetiche» do italiano Lucio Fulci.

«A atriz britânica Catriona MacColl, ícone do cinema fantástico desde a década de 1980 até à atualidade, está no Porto enquanto protagonista do já multipremiado filme ‘Horsehead’, tendo a direção do festival decidido atribuir-lhe o Prémio Carreira do Fantasporto», referiu o evento em comunicado.

O Fantasporto lembrou ainda que a atriz protagonizou «Chimères», de Olivier Beguin, premiado pela edição do ano passado.

Nascida em 1954, MacColl tornou-se num dos rostos do cinema italiano de horror (também conhecido por ‘giallo’) em trabalhos como «Os Mistérios da Cidade Maldita» (1980), «As Sete Portas do Inferno» (1981) e «A Casa do Cemitério» (1981), os três filmes que compõem a chamada trilogia das «Portas do Inferno» de Lucio Fulci que, com Dario Argento e Mario Bava, deu a conhecer o género.

A 35.ª edição do Fantasporto prossegue até domingo no Rivoli – Teatro Municipal, dia em que vão ser exibidos os premiados deste ano.