Oito filmes portugueses, entre os quais os premiados «E Agora? Lembra-me», de Joaquim Pinto, e «Carosello», de Jorge Quintela, foram selecionados para o Festival de Cinema de Turim, em Itália, previsto de 22 a 30 de novembro, escreve a agência Lusa.

De acordo com a programação, divulgada esta semana, a competição internacional de documentários inclui «Os Caminhos de Jorge», de Miguel Moraes Cabral, um retrato de um país em crise a partir da história de um amolador, e «E Agora? Lembra-me», diário filmado, biográfico, de Joaquim Pinto, já distinguido nos festivais de Locarno e DocLisboa.



Fora de competição, serão ainda exibidos em Turim «Cacheu» e «The Embassy», duas curtas-metragens da artista plástica Filipa César, a primeira com a inclusão de uma performance de Joana Barrios, a segunda com a participação do arquivista Armando Lona.

A direção do festival criou ainda um programa dedicado ao cinema português, intitulado «Portuguese Waves», com quatro filmes: «Bibliografia», dos irmãos João e Miguel Manso, «Carosello», de Jorge Quintela, «Mahjong», de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, e «Rei Inútil», de Telmo Churro.



«Carosello», filme sobre um homem que revisita a sua vida, sentado num banco em frente a um carrossel, valeu este ano a Jorge Quintela o prémio máximo do festival de curtas de Vila do Conde.

Em busca de financiamento e coprodução internacional, os realizadores Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt estarão em Turim com o projeto cinematográfico «Tristes Monroes».

O 31º Festival Internacional de cinema de Turim contará com 185 filmes, dos quais 46 serão estreias mundiais.

A abertura será com o filme «Last Vegas», de Jon Turteltaub, com Robert De Niro, Michael Douglas, Morgan Freeman e Kevin Kline.