Desenhos animados paquistaneses estão a conquistar ocidente

Heroína de «A vingadora de burca» veste burca mas luta pela educação para todos

Por: Redação / AM    |   5 de Agosto de 2013 às 22:23
São os primeiros desenhos animados tridimensionais criados e produzidos no Paquistão. A série de 16 episódios chama-se «A vingadora de burca».

Uma heroína insólita num país onde a educação não é para todos, menos ainda para as mulheres.

Sabe karaté e usa como armas as canetas e os livros. É que a vingadora Jiya não é mais que uma jovem professora paquistanesa que usa burka tal como muitas mulheres paquistanesas.
PUB
EM BAIXO: «A vingadora de burca»
«A vingadora de burca»
COMENTÁRIOS

PUB
A320: «Por amor de Deus! Abre a maldita porta!»

O jornal alemão «Bild» reconstrói os últimos minutos do fatídico voo 9525 da Germanwings, a partir dos registos da caixa negra entretanto encontrada. Os investigadores terão já encontrado restos mortais de Andreas Lubitz. A análise detalhada destes achados pode dar indicações se Lubitz ingeriu ou não medicamentos