Charlie Hunnam desistiu de participar na adaptação cinematográfica de «As Cinquenta Sombras de Grey» e já não será ele a interpretar o protagonista masculino do filme.

Num comunicado citado pela revista «Variety», a Universal Pictures anunciou, no sábado, que está novamente à procura de um ator para o papel de Christian Grey, uma vez que a agenda de Charlie Hunnam não permite que o ator se prepare «adequadamente» para o filme.

«Os produtores de "As Cinquenta Sombras de Grey" e Charlie Hunnam chegaram a acordo para procurar um novo protagonista masculino, dada a atarefada agenda televisiva de Hunnam, que não lhe permite preparar-se adequadamente para o papel de Christian Grey», lê-se no comunicado da Universal.

Recorde-se que Hunnam é o protagonista da série televisiva «Sons of Anarchy».

Em setembro, o ator inglês e a norte-americana Dakota Johnson foram anunciados como Christian Grey e Anastasia Steele na adaptação do romance erótico de E.L. James.

A própria autora reagiu à saída de Hunnam, escrevendo no Twitter: «Desejo as maiores felicidades ao Charlie».

A Universal Pictures não adiantou o nome do substituto de Charlie Hunnam, mas a «Variety» assegura que a produção do filme não será adiada devido a este contratempo, o que significa que até novembro, mês em que as rodagens têm início, em Vancouver (Canadá), o novo Christian Grey será anunciado.

A adaptação do «best-seller» para o grande ecrã acompanhará a história de Anastasia Steele, uma jovem estudante universitária que se envolve com um homem mais velho, um misterioso milionário chamado Christian Grey. A aventura amorosa levará Anastasia a descobrir a sua própria sexualidade através do mundo do sado-masoquismo.

Em todo o mundo, a trilogia iniciada com «As Cinquenta Sombras de Grey» vendeu mais de 70 milhões de cópias. A Universal assegurou os direitos de adaptação dos três livros e a britânica Sam Taylor-Wood assinará a realização do primeiro capítulo.