Foi num filme de Pedro Almodóvar que o público português viu o seu trabalho mais recentemente. A coreografia de «Os Amantes Passageiros» é da espanhola Blanca Li, que agora traz a Portugal o seu mais recente espetáculo, «Robot», para a gala de encerramento do Lisbon & Estoril Film Festival, esta noite.

«Fui ao Japão e encontrei-me com Maywa Denki, que é um artista japonês maravilhoso, que criou umas máquinas que tocam música sozinhas. São como uns robôs, mas são também muito artísticos. E, depois, encontrei uns pequenos robôs, que são franceses, e juntei-os também ao espetáculo para dançarem», contou Blanca Li em entrevista ao Cinebox.

«É um espetáculo em que a música é tocada por máquinas, e os bailarinos são também, em parte, robôs. (...) E é uma reflexão sobre o mundo contemporâneo, mas, sobretudo, sobre a ideia do espaço que a máquina pode chegar a tomar no nosso mundo, e se, em algum momento, a emoção pode vir a chegar de uma máquina.»

No que diz respeito a bailarinos de verdade, Blanca Li já trabalhou com Beyoncé e foi responsável pela coreografia de «Around The World», dos Daft Punk. Agora, podemos ver o seu trabalho no Centro Cultural de Belém, esta segunda-feira à noite.