Os actores Robert de Niro e Al Pacino, protagonistas do filme «A Dupla Face da Lei», vão processar a distribuidora Overture Films e a marca de relógios alemã Tutima.

Em causa está uma campanha publicitária no site da empresa alemã que utiliza imagens dos dois actores sem autorização, bem como um pequeno excerto do filme que ambos protagonizam.

O processo legal explica que tanto de Niro como Pacino assinaram em 2007 um contrato que proibia o uso da sua imagem para campanhas publicitaárias.

De facto, os dois actores sempre tiveram bastante cuidado com as campanhas publicitárias. Al Pacino nunca patrocinou qualquer produto nos Estados Unidos.

O processo legal procura compensações monetárias por quebra de contrato, violação do direito da publicidade e do direito à privacidade, num montante a ser determinado aquando da sentença.