que morreu a 2 de abril aos 106 anos,

o legado do cinema de Manoel de Oliveira,