Um crítico de cinema tentou interromper Steve McQueen, insultando-o, durante o discurso do realizador de «12 Anos Escravo» na gala dos New York Film Critics Circle, noticia a revista «Variety».

Quando McQueen se preparava para agradecer o prémio para Melhor Realizador, Armond White, da revista «CityArts», gritou: «És uma vergonha de porteiro e de homem do lixo! Vai-te lixar!».

Segundo a «Variety», o cineasta britânico não ouviu ou ignorou os comentários de White, crítico cinematográfico conhecido por «não gostar dos filmes que todos adoram».

A cerimónia de prémios realizada na segunda-feira contou com a presença de muitos dos galardoados, uma vez que a lista dos vencedores já tinha sido revelada no início de dezembro.

Cate Blanchett (Melhor Atriz Principal, com «Blue Jasmine»), Robert Redford (Melhor Ator Principal, com «Quando Tudo Está Perdido») e Jared Leto (Melhor Ator Secundário, com «O Clube de Dallas») estiveram em Nova Iorque, enquanto que Jennifer Lawrence (Melhor Atriz Secundária, com «Golpada Americana») faltou à gala, mas fez-se representar pelo colega de elenco Bradley Cooper.

«Não estou a receber este prémio pelo "A Casa do Fim da Rua", portanto vocês não devem ter visto esse filme», escreveu Lawrence, na nota lida por Cooper, numa referência bem humorada ao filme de terror, de qualidade duvidosa, que a atriz protagonizou em 2012.

«Golpada Americana» acabou por ser o mais premiado pela associação de críticos nova-iorquinos, vencendo também os prémios de Melhor Filme e Melhor Argumento (Eric Warren Singer e David O. Russell).