O crescimento da economia chinesa abrandou para 7,4% no primeiro trimestre de 2014, anunciou hoje o Gabinete Nacional de Estatísticas da China.

Aquele valor representa um abrandamento de 0,3 pontos percentuais em relação a igual período de 2013 e também face ao último trimestre do ano passado.

Foi o crescimento mais baixo do Produto Interno Bruto (PIB) chinês desde o terceiro trimestre de 2012, mas coincide com a meta de cerca de 7,5% preconizada pelo governo para o conjunto de 2014.

Segunda maior economia do mundo, a seguir aos Estados Unidos da América, a China tem sido também um dos principais motores da recuperação económica global.