O Presidente da República recordou esta sexta-feira que as exportações são o motor da economia portuguesa e pediu atenção para as empresas do Interior que se destacam no estrangeiro.

Aníbal Cavaco Silva iniciou hoje uma visita de dois dias ao Interior do país, numa deslocação praticamente dedicada às Aldeias Históricas do distrito da Guarda.

Hoje, contudo, antes do início desta ronda, o chefe de Estado esteve na têxtil Dielmar, em Alcains, Castelo Branco, e aí elogiou o desempenho da empresa.

"Os 62% de exportação da Dielmar são uma quota notável para um produto como este [produção de fatos para homem]. É uma empresa de sucesso que enfrenta clientes muito exigentes e que decide continuar no interior", disse Cavaco Silva.

O chefe de Estado disse esperar que esta empresa que emprega mais de 400 trabalhadores - 90% são mulheres - se mantenha no Interior, pediu que os sucessivos governos a continuem a apoiar e explicou não fazer sentido não se prestar atenção a este tipo de empresas - exportadores - porque elas são o "motor da economia".

Cavaco Silva realçou ainda a importância da Dielmar e o seu contributo para a redução do desemprego em Castelo Branco.

A diretora-geral da empresa de confeções Dielmar, Ana Paula Rafael, realçou os "fortes constrangimentos" que a empresa enfrenta por estar localizada no interior do país.

Apesar disso, disse que nos últimos dois anos, a Dielmar teve um crescimento no emprego de seis por cento.

"Esta empresa é o fruto de um grande trabalho. A marca [Dielmar] é a nossa luta constante. Uma indústria como esta, com estas caraterísticas, sem marca, não vai longe", disse.

Ana Paula Rafael sublinhou ainda que a Dielmar, que está a comemorar os 50 anos de existência, "foi um sonho de quatro pessoas e empreendedores".

"Se eles conseguiram, nós temos que conseguir ainda mais", concluiu.

A Dielmar está atualmente presente em 28 mercados, sendo que os cinco mais relevantes são, para além do doméstico, Espanha, França, Brasil e Inglaterra.

Fundada em 1965, em Alcains, por quatro alfaiates que uniram os seus conhecimentos, a Dielmar emprega atualmente mais de 400 trabalhadores.

O principal objetivo da empresa é estar presente nos mercados externos, seja ao nível da exportação, seja ao nível da internacionalização da marca.