O agora candidato à liderança o maior partido da oposição não quis deixar de deixar umas palavra de reconhecimento ao ex-secretário-geral do PS, Ferro Rodrigues, referindo-se a este «como um exemplo» para o país.

O dirigente diz-se «consciente do desencantamento geral» do país e responsabiliza o actual Governo por tal situação. Nesta medida, aponta como prioridade para o PS «um programa político», com vista ao «crescimento e emprego».