Uma nave espacial russa Soyuz com um russo, um norte-americano e um britânico a bordo descolou hoje do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, tendo como destino a Estação Espacial Internacional (EEI).

A Soyuz TMA-19M deixou Baikonur às 11:03 TMG (mesma hora em Lisboa), levando o norte-americano Tim Kopra, o comandante de bordo russo Iuri Malentshenko, no seu sexto voo espacial, e o britânico Timothy Peake, antigo piloto de testes de helicópteros que se tornará aos 43 anos o primeiro britânico a residir na EEI.

“Está tudo a decorrer como previsto. A descolagem correu bem”, declarou por telefone à agência France Presse um porta-voz do centro russo de controlo.