O Instituto Alemão para a Investigação Económica (DIW) considera que a economia do país se vai manter numa «sólida senda de crescimento» e que crescerá entre julho e setembro 0,4% face ao trimestre anterior.

Segundo o último barómetro do instituto, citado pela Efe, este crescimento continuará destacado, embora a evolução não seja tão dinâmica como a do segundo trimestre, quando o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,7%.

Para o presidente do DIW, Marcel Fratzscher, a conjuntura germânica não deverá sofrer pelo conflito sírio, dado que aquela economia é «demasiado pequena».

Ainda sim, referem, se a crise na síria se estender à região do Médio Oriente não se podem descartar efeitos negativos, como a subida do preço do gás e do petróleo.

O DIW sublinha a tendência de crescimento da indústria desde há alguns meses e a melhoria da confiança empresarial, o que ajuda a suportar, consideram, que a economia continuará, assim, a crescer.