Há amizades improváveis. Esta é uma delas. Entre uma coruja e um pastor belga.

A pequena ave perde-se na imensidão de pêlo do cão. Mas nenhum parece importar-se.

Os animais podem medir-se aos palmos, mas as amizades, pelos vistos, não.