Um menino de 12 anos desaparecido há quase uma semana em  Xangai foi encontrado numa loja do IKEA. 

Peng Yijian fugiu de casa na semana passada, após uma discussão com a mãe, Shanghai Daily. A escola de Yijian tinha-o enviado para casa por não ter conseguido concluir um exercício de matemática e, quando a mãe gritou com ele, o menino fugiu.
 
«Ele estava muito chateado e sinto-me culpada porque gritei com ele», admitiu Shangai Daily.
 
Com apenas uns cêntimos no bolso, o rapaz andou pela cidade durante seis dias, invadindo supermercados quando teve fome para recolher amostras grátis e, aparentemente, passou muito tempo no IKEA.
 


A polícia pediu à família de Yijian para diminuir a lista de lugares favoritos, e, eventualmente, viram um vídeo de segurança perto do IKEA. Os polícias bloquearam as saídas da loja de móveis e, após 40 minutos de busca, encontraram finalmente o menino desaparecido perto de uma escada rolante no piso térreo.
 
Na segunda-feira, Yijian já se encontrava no hospital, a recuperar de sintomas de fome depois da semana difícil que teve.