Um urso bípede foi avistado em West Milford, em New Jersey, nos EUA, mas, em vez de assustar a população, o avistamento do animal está a ser motivo de alívio para muitas pessoas. Pedals, como os habitantes da região o chamam, está ferido e teme-se que esteja demasiado fraco para sobreviver a este inverno.

O urso que anda em duas patas tornou-se uma celebridade em West Milford, depois de Sabrina Walsh Pugsley o ter avistado perto da casa dos pais, no verão do ano passado. O animal estava doente, ferido e visivelmente subnutrido. A jovem contactou então a Agência de Proteção Ambiental e de Animais Selvagens de New Jersey, que tem monitorizado os movimentos do urso negro nos últimos meses.

De acordo com o jornal local online NJ.com, os ferimentos do urso, que os ambientalistas acreditam que terão sido provocados por “um atropelamento” de carro, fazem com que o animal tenha de andar sobre as duas patas traseiras, como os humanos. Isto porque falta-lhe parte da pata direita dianteira e a outra está gravemente ferida.

O urso era avistado regularmente perto de áreas residenciais e tornou-se conhecido por grande parte da população da região.




Contudo, o urso desapareceu durante várias semanas e a organização emitiu um comunicado a pedir aos residentes que partilhassem informação sobre Pedals, se o avistassem.

Um apelo que deu frutos, a passada segunda-feira, quando alguns moradores alertaram para a presença do urso nas redondezas, o que significa que o animal conseguiu sobreviver à época de caça. Pedals aparenta agora ter cerca de 159 quilos.

Uma alívio para os ativistas que, segundo a AP, acreditavam que o urso não conseguia correr, trepar às árvores, defender-se ou alimentar-se sozinho. Muitos pretendem que Pedals seja acolhido por uma organização em Nova Iorque, mas as autoridades de New Jersey já disseram que não autorizam que o animal saia do estado.
 

“Como temos vindo a dizer, o urso parece estar a aguentar-se bem por si próprio. Isto são boas notícias para o urso e para todas as pessoas que seguem as suas peripécias”.