Independente, atarefada, dependente do computador e do telemóvel e que come comida congelada em frente à televisão. É este o futuro das nossas crianças ou é assim que elas nos vêem? Para rir e pensar