Cidades de regiões romenas como Harghita, Mures, Covasna e Brasov, têm sido invadidas por dezenas de ursos pardos, que estão a descer as montanhas do Cárpatos, esfomeados, à procura de comida.

A situação tem provocado alguns estragos nas cidades e a dividir as opiniões populares sobre a presença dos novos e inesperados visitantes: algumas pessoas acham a situação divertida, outros preferem permanecer em casa com medo de sofrerem ataques.

 Um urso entrou na casa de uma idosa e comeu as panquecas que estavam em cima da mesa. Ele não a atacou, apenas quis comer as panquecas.”, afirmou um homem à BBC.

Apesar dos peritos em vida animal garantirem que os ursos pardos só atacam quando se sentem ameaçados, desde o início do ano já foram registados 73 ataques. Quase o dobro face ao mesmo período do ano passado, sendo que sete pessoas tiveram mesmo de ser hospitalizadas.

Manifestantes têm vindo a exigir medidas por parte das autoridades locais, para evitar as visitas dos ursos.

Na Roménia vivem cerca de seis mil ursos pardos, quase 60 por cento da população desses mamíferos que existe nos bosques da Europa.