A Segurança Geral do Líbano rejeitou, na última quarta-feira, o pedido de visto de Ania Lisewska, adianta a agência oficial libanesa ANN.

A decisão de proibir a entrada no país foi tomada por causa da controversa digressão de sexo da polaca. O desafio desta jovem mulher de 21 anos é simples: ter relações sexuais com 100 mil homens no mundo todo.

De acordo com o blogue de Ania Lisewska, a jovem espera ainda «obter a permissão para entrar nos países árabes e encontrar-se com homens».