As autoridades indianas obrigaram um suspeito a comer nada mais, nada menos do que 96 bananas seguidas para conseguir finalmente recuperar um fio de ouro roubado. O homem tinha engolido o fio depois de o ter roubado a um médico durante uma viagem de comboio.

Tudo terá ocorrido no passado dia 22 de dezembro quando um passageiro, que seguia viagem até Gondia, na Índia, viu o seu fio de ouro roubado. Sheetal Kamble começou a gritar que acabava de ser roubado mas o suspeito pôs-se imediatamente em fuga. No entanto, os restantes passageiros conseguiram apanhá-lo.

Ao chegar ao local, a Polícia Ferroviária de Kalyan revistou vezes sem conta Damu Gupta, mas não encontraram nada que o pudesse incriminar. Até ao inesperado aparecimento de uma testemunha que garantia ter visto o suspeito a engolir algo, minutos antes de ser apreendido.

Após o aparecimento deste novo dado, os polícias decidiram levar Damu até ao hospital para que lhe fosse feito um raio-x. Mas o exame foi também ele inconclusivo.

Em último recurso, as autoridades locais optaram por algo insólito: obrigar Damu a comer bananas, alimento rico em fibras, para que pudesse evacuar o fio de ouro, se realmente o tivesse engolido, mais rapidamente.

Foi assim que Damu Gupta foi obrigado a comer nada mais, nada menos, do que 96 bananas.

E qual não foi a surpresa da polícia ao encontrar efetivamente o fio de ouro nas fezes do suspeito.

De acordo com o jornal «The Times of India», o suspeito acabou por ser preso por roubo.