O Facebook proporcionou a Sarah Mowbray um dos momentos mais emocionantes da sua vida. Depois de ter sido afastada, há quase 20 anos, da sua filha, as duas tiverem uma surpresa que não irão esquecer.

Em 1995, depois de Sarah ter cedido à pressão de ter sido mãe tão jovem e tentado enforcar-se, os serviços sociais separam as duas, colocando a filha, Kayleigh Marie, agora com 22 anos, num orfanato. A mãe, que já há sete anos se dedicava a encontrar a filha, da qual apenas tinha conhecimento do nome do meio, para além do primeiro, explicou que resolveu pesquisá-la no Facebook.

«Eu não sabia o sobrenome dela, apenas digitei o nome Kayleigh Marie e centenas de pessoas surgiram como resultado. Eu pensei que não havia hipótese de a encontrar ali», contou ao Daily Mail.

«Mas continuei e eventualmente uma pessoa me pareceu ter traços semelhantes aos meus na altura em que era mais nova», acrescentou. Sarah não hesitou em enviar um pedido de amizade, e pouco tempo depois as duas estavam a conversar no chat da rede social.

A certa altura, depois de Sarah e Kaileigh se terem apercebido que se tinham reencontrado, a rapariga chama Sarah de «mãe».

As duas acabaram por se reunir e Kayleigh já teve a oportunidade de conhecer o seu meio-irmão de 17 anos, Daniel, e o padrasto, de 39 anos, Terry.

«Tivemos um lindo Dia das Mães juntos, mas nós ainda temos 20 anos para recuperar o atraso. Eu não posso esperar», acrescentou.