Colin tem 10 anos e cerca de 880 mil amigos no Facebook, mas até há pouco tempo a realidade era bem diferente.

Tudo começou quando a mãe lhe perguntou se queria que, no dia 9 de março, organizasse uma festa de aniversário, mas o rapaz, que sofre de um distúrbio semelhante à síndrome de Asperger, respondeu que não tinha amigos. Sensibilizada, resolveu organizar uma surpresa para o filho.

Jennifer, originária do sudoeste de Michigan, criou «Colin is Eleven», uma página no Facebook onde a mulher convida as pessoas a enviar os parabéns ao seu filho e que em duas semanas atingiu perto de 900 mil gostos.

A campanha da mãe deu resultado e logo depois a página estava inundada de mensagens de felicitação ao o pequeno Colin.

Para o efeito, Jennifer instalou no seu local de residência uma caixa de correio capaz de aguentar as muitas cartas de aniversário que espera para o filho.

Na primeira mensagem que escreveu na página, ela explicou a situação: «Sou a mãe do Colin e criei esta página para o meu maravilhoso e desafiante filho que vai fazer 11 anos no dia 9 de março. Devido às suas dificuldades sociais, as outras crianças não gostam dele».

Acrescentando posteriormente: «Pensei que se conseguisse criar uma página para onde as pessoas pudessem enviar pensamentos e palavras motivadoras, talvez isso fosse melhor que qualquer festa de aniversário. Por favor ajudem-me a fazer o meu filho a sentir-se especial no seu dia».

O rapaz ainda não está ciente da mega campanha social em torno de si, apesar dos colegas lhe dizerem que o viram na televisão. Jennifer vai pedindo às pessoas que conhecem o filho para ter algum cuidado de forma a não estragar a surpresa.

Quando chegar a altura, os pais de Colin vão explicar a situação. «Mas por agora tenham cuidado se conhecerem o Colin na vida real, obrigado».

Jennifer prometeu gravar a reação de rapaz e partilhar com todos aqueles que o incentivaram.