Uma mulher de 35 anos, já anteriormente acusada de furto, tem agora de prestar declarações pelo roubo de 350 dólares pertencentes ao filho escuteiro.

Lashanta Magnusson terá roubado os 350 dólares poupados pelo filho para participar em atividades dos escutas. Para piorar, entregou em troca um cheque careca ao grupo escuteiro de Tewksbury, no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos.

O filho tinha andado a vender pipocas para arrecadar dinheiro suficiente para participar nas próximas atividades do campo.

Mas este não foi o primeiro roubo. A norte-americana foi acusada de roubo e uso indevido do cartão de crédito do grupo «Friends of Special Education Kids» para ao qual trabalhava como tesoureira.

De acordo com as autoridades, a jovem mãe teria gastado mais de cinco mil em dólares, em combustível e despesas pessoais.

Lashanta Magnusson nega todas as acusações.