Um norte-americano foi preso depois de ter acedido ao Facebook durante um assalto em St. Paul, Estado do Minnesota, e se ter esquecido de o desligar.

De acordo com a CBS, Nicholas Wig, 26 anos, acedeu à rede social a partir de um computador na casa que invadiu e esqueceu-se de fazer «log off», deixando para trás uma admissão de culpa para ser encontrada pelo proprietário.

James Wood, o dono da habitação, incrédulo, afirma que Wig é o «criminoso mais idiota do mundo».

Ao chegar a casa, James, reparou que lhe faltavam os cartões de crédito, dinheiro e um relógio. No entanto, no lugar desses pertences, estava um par de sapatilhas «Nike», umas calças de ganga e um cinto, todos molhados pela chuva.

Wood ponderou que o assaltante ainda estivesse dentro de casa, mas depressa percebeu que as roupas tinham sido deixadas ali por esquecimento. Foi nessa altura que descobriu a página de Facebook do suspeito aberta no seu computador.

«Comecei a entrar em pânico», disse o proprietário da casa à CBS. «Mas depois descobri que ele tinha deixado o Facebook com o seu perfil ligado», acrescentou.

Wood aproveitou a página pessoal do ladrão para contar que Wig lhe tinha assaltado a casa e até partilhou o número de telefone na esperança que o ladrão o contactasse mais tarde.

O plano resultou: o ladrão enviou uma mensagem a James e ambos combinaram um encontro para trocar os pertences deixados por Wig, alegadamente, por um telemóvel que o ladrão havia roubado noutra ocasião.

O encontro não chegou a acontecer, pois, antes da hora marcada, Wood avistou o suspeito na rua, a usar o seu relógio, e chamou imediatamente a polícia.