Um professor reformado já ganhou os mais diversos prémios ao participar em todo o tipo promoções e concursos.

Martin Dove começou com este insólito passatempo no início dos anos 70 na cidade de Scarborough, na Inglaterra, e confessa já ter ganho os mais diversos prémios: iate, cavalo e viagens. Inclusive o anel de noivado que ofereceu à mulher foi uma dessas recompensas.

Mas hoje em dia, com o aparecimento das novas tecnologia como a internet e as redes sociais, Martin admite que é mais difícil conseguir concorrer em todos os concursos e ganhá-los.

«Hoje em dia é muito mais fácil participar em concursos. Antigamente, podia passar duas semanas a pensar sobre o melhor slogan para ganhar determinado concurso, hoje em dia só é preciso clicar, clicar, clicar. Em apenas 20 minutos é possível participar em mais de 30 concursos», contou Martin à BBC.

Algumas pessoas questionam Martin sobre o porquê de ele dedicar tanto do seu tempo a este tipo de passatempo se no final pode não ganhar nada, ao qual ele responde muito rapidamente: «Por quê? Porque eu acredito na sorte. Tive um ano inteiro em que a única coisa que ganhei foi uma caixa de chocolates. Mas no ano a seguir, consegui ganhar um iate!».

Katy, esposa de Martin, admite que o marido adora competir e participar em todo o tipo de concursos: sejam aqueles que encontram nas caixas de cereais sejam aqueles que vê na internet. Mas na maior parte das vezes, Katy confessa que o marido não dá nenhum valor aos prémios que recebe. «Um dos objetos mais estranhos que o meu marido alguma vez ganhou foi uma estátua de jardim parecida com a cantora Mel B, uma das Spice Girls», acrescentou.