Um homem jato voou ao lado de um caça bombardeiro da Segunda Guerra Mundial. O amante de adrenalina é Yves Rossy, um suíço que tem por paixão voar como um avião. Usa um fato de carbono e Kevlar.

O equipamento parece inspirado no homem de ferro ou outro super-herói. Incluí quatro motores instalados na asa, controlados por um acelerador que o piloto segura na mão.

Rossy compara a proeza com o uso de esquis. Explica que a rota é trilhada consoante os movimentos do corpo. Isto acontece a 300 quilómetros por hora e a mais de três mil metros de altitude.

Este foi o primeiro voo do antigo piloto de caças para o público americano e decorreu num evento de aeronáutica no estado de Wisconsin.