Uma família em Belo Horizonte, no Brasil, teve uma surpresa desagradável quando descobriu que andava a beber de um pacote de leite que continha um preservativo com esperma lá dentro.

O caso foi descoberto este domingo, após uma das vítimas abrir a caixa do produto para a reutilizar e ter encontrado um preservativo com esperma. Ao cortar a embalagem, a mulher ficou assustada.

«A minha irmã encontrou um preservativo aberto com esperma. Jamais imaginamos que isto poderia acontecer», explicou uma das vítimas ao jornal «O Tempo».

Ainda na versão da consumidora, a família abriu outras três caixas e também encontrou preservativos. Explicou ainda que ela, a irmã e o sobrinho ficaram com feridas na boca e o jovem também teve diarreia, mas nunca pensavam que seria do leite.

A caixa de leite que tinha com o preservativo usado foi recolhida pela Polícia Civil.

A vítima tentou entrar em contato com a empresa, mas não obteve resposta pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). Numa outra tentativa a empresa respondeu às vítimas alegando que iria recolher as outras caixas do produto e ainda que ofereciam auxílio no atendimento médico.

«Obviamente que tal queixa não pode ser reconhecida como verídica, posto que a produção do leite longa vida é totalmente automatizada, sendo que durante o processo de fabricação do produto em questão, o leite passa pelo equipamento de esterilização, onde são eliminados todos os micro-organismos capazes de provocar a deterioração/contaminação do mesmo», afirma a nota da empresa Nova Mix, que fabrica o leite Quatá enviada ao jornal o «O Tempo».