Olívia Adams,de 13 anos, foi expulsa durante uma semana por ter revelado o nome da professora que a obrigou a cortar as duas etiquetas das botas, no Facebook.

A professa Lesley Ellis, alegou que o verde e o cor-de-rosa das etiquetas das botas desrespeitavam o regulamento da escola de Ashford, no condado de Kent, na Inglaterra.

A docente acabou no entanto por pedir desculpas à Olívia e a mãe, Claire Pamment, oferecendo-lhe 65 euros para comprar um novo par.

A mãe de Olívia decidiu avançar com uma queixa contra a escola frequentada pela filha, visto não ter sido a primeira vez que a escola desaprovou a roupa de Olívia. A aluna já tinha sido chamada a atenção por causa do cumprimento da saia do uniforme.

Só no mês de setembro, já foram suspensos mais de 60 alunos por não cumprirem as regras do código de vestuário da escola.

O jornal «Daily Mail» tentou contactar a escola, mas, o diretor recusou-se a prestar declarações.