Cada agência de modelos tem os seus próprios critérios de seleção mas para entrar na Ugly Models basta ser feio ou ter uma aparência que fora do comum.

«Oferta de trabalho bem remunerada! Procuramos pessoas feias para campanhas internacionais» assim são os slogans usados nas campanhas da agência britânica Ugly Models, especializada em pessoas que não se ajustam aos padrões de beleza geralmente procurados.

Tudo começou em 1969 quando os fundadores da agência decidiram publicar um anúncio no jornal: «Se és diferente, entra em contacto com a Ugly Models». Muitos foram os que responderam ao apelo e desde então a Ugly Models tem sido um enorme sucesso.

Marcas como Calvin Klein, Levi's, Diesel, assim como algumas revistas como Vogue, Elle e Cosmopolitan também já aderiram a este conceito e recorreram várias vezes ao serviço da Ugly Models.

O objetivo da Ugly Models é «exaltar a beleza que está dentro de cada um de nós», revelou ao jornal Elpaís, o dono da agência Marc French.

Ugly Models mostra outra vertente do mundo da moda e vai de encontro aos estereótipos geralmente desejados. Quem sabe esta invulgar indústria não se torne um dia a mais procurada?