Zoe Lemon tinha apenas dez anos quando escreveu uma mensagem que lançou ao mar dentro de uma garrafa. E para espanto de todos, 20 anos depois recebeu finalmente uma resposta.

Quando escreveu a carta, Zoe tinha dez anos e nela explicava o quanto gostava de animais. A menina passava férias num cruzeiro com a família e decidiu durante a sua passagem pela Bélgica escrever uma carta com a secreta esperança que algum dia recebesse resposta. Contudo, Zoe terá rapidamente esquecido dela.

Após 23 anos, a garrafa deu finalmente à costa em Roterdão, na Holanda. Foram Piet e Jacqueline Lateur quem a encontraram e decidiram responder a mensagem da menina.

Piet passeava o cão pelas docas Oosterschelde, perto de onde vive com a esposa, quando se deparou com a garrafa. Muito comovido pela mensagem da menina decidiu responder-lhe... não sabendo que já tinham passado 23 anos.

Mas a carta foi enviada para casa dos pais, visto que na altura em que escreveu a carta a menina vivia com os pais.

Qual não foi a surpresa de Zoe quando os pais lhes ligaram a dizer que tinha acabado de chegar correspondência para ela e que vinha de Europa.

Zoe de 33 anos, que entretanto casou e vive na cidade de Salford, na Inglaterra, nunca esperou obter alguma resposta após tantos anos perdida no mar.

«A primeira coisa que fiz foi ver a caligrafia que tinha quando era pequena. Reler a carta deixou-me nostálgica», confessou Zoe ao jornal «Mirror».

Desde então que Zoe tem mantido contato com Piet via email, pedindo fotos do local onde a garrafa foi encontrada.