Um jovem de 21 foi detido pelas autoridades norte-americanas após ter roubado partes de cérebros para vender no eBay.

Desesperado por dinheiro, David Charles andava a roubar pedaços de cérebro de pacientes mortos para a seguir os conseguir vender no eBay.

De acordo com a CNN, David é acusado de invadir o depósito do Museu de História da Medicina de Indiana várias vezes, durante o ano passado, para roubar jarros com pedaços de tecido cerebral e outros materiais preservados que depois vendia na Internet.

A alerta terá sido dada por um comprador, que após examinar os rótulos dos seis jarros com pedaços de cérebro que tinha comprado, suspeitou da fraude ao comparar a sua compra com as imagens que constavam no site do museu.

Para conseguir apanhar o ladrão em flagrante, a polícia combinou uma compra com David, que acabou por cair na armadilha.

No dia 16 de dezembro David Charles e outro intermediário acabaram por ser detidos, depois de na véspera o suspeito ter voltado a invadir o museu e roubado mais de 60 jarros.

O caso ocorreu em Indianápolis, no estado de Indiana, nos Estados Unidos.