Um voo da Alasca Airlines de Seatle com destino ao Havai foi obrigado a regressar a Seatle, porque um passageiro estava a cantar em voz alta e incomodava os outros passageiros, relataram as autoridades ao «Associeted press».

A porta-voz, Nancy Trott, da companhia aérea disse que o homem foi retirado sem incidentes do avião por voltas das 21:30, mas não sabia o que o homem estava a cantar, nem qual a razão.

As autoridades do aeroporto confirmaram que o homem não foi preso, apenas o aconselharam a marcar as suas viagens noutra companhia aérea.