Conhecida pela técnica impressionante de pintura corporal, a artista Trina Merry, de 33 anos, consegue fazer «desaparecer» pessoas no meio da paisagem urbana.

O recente projeto, que teve como pano de fundo a cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, é a prova disso: os modelos ficaram «invisíveis» à frente de pontos turísticos da cidade, de acordo com o «Daily Mail».

Segundo a artista, o processo não é fácil pois os modelos têm de ser pintados na rua e normalmente estão nus, num procedimento que pode demorar cerca de seis horas e que pode atrair alguma atenção indesejada. Mas, a lei está do lado desta artista, pois a câmara de Nova Iorque permite que as pessoas estejam nuas para fins de expressão artística.

É um trabalho cuidadosamente planeado, que envolve esperar que não exista a probabilidade de chover, por exemplo, para que não se corra o risco de estragar os desenhos meticulosamente detalhados.

Os modelos foram fotografados em Brooklyn, na ponte de Manhattan, no Central Park, no Museu Guggenheim e no centro de Manhattan.

A ideia surgiu na cabeça de Merry depois desta se mudar de São Francisco para Nova Iorque.