Um chinês ficou cheio de parasitas depois de ter comido demasiado sashimi, uma especialidade japonesa de tiras finas de peixe cru.

O homem foi até ao consultório do seu médico, na província chinesa de Guangdong, queixando-se de dores de barriga e comichão na pele, reportou o «Daily Mail». O paciente fez uma série de raios-x, no Hospital de Guangzhou, que revelaram que o seu corpo estava totalmente infetado por parasitas.

Os parasitas conseguem viver no intestino de uma pessoa e chegam a alcançar 15 metros de comprimento. Podem aparecer quando se ingere comida crua ou peixe fresco mal cozinhado e, muitas vezes, permanecem invisíveis durante meses.

Uma canadiana, Nancy Craig, disse ao jornal que congelar o peixe antes de ser servido ajudará a matar as larvas existentes. Acrescentou ainda que, apesar dos casos de parasitas terem diminuído, há registo de casos em países desenvolvidos que «provavelmente» aumentaram «devido ao consumo de peixe cru».