Um homem de 26 anos foi preso em Milliston, Dakota do Norte, nos Estados Unidos, após burlar várias pessoas na região. O jovem burlão fazia-se passar por diversas pessoas e profissões, desde milionário até agente do FBI.

Steven Golgman estava foragido devido a outros crimes, e fingia ser um agente do FBI para conseguir refeições e cafés grátis, entre outros benefícios nos estabelecimentos da região. Identificava-se com um distintivo falso e até levava um cão, que dizia ser da unidade K-9.

O homem exigia pagar taxas especiais em hotéis, por ser um agente do governo, e em outras situações fazia-se passar por um empresário milionário só para impressionar outras pessoas, afirmaram as autoridades.

Para não ser descoberto, Steven andava armado e com um falso distintivo, e até chegou a fingir que levava um prisioneiro algemado.

A polícia conseguiu prender o suspeito, quando se hospedou num hotel durante três semanas e não pagou a conta.