Um homem foi a um programa de televisão turco sobre relacionamentos para arranjar namorada, mas chocou a apresentadora (e a audiência) quando revelou que matou a mulher e uma anterior companheira.

Sefer Calinak, de 62 anos, garantiu, porém, que cumpriu pena de prisão pelas duas mortes e que, apesar de estar em liberdade ao abrigo de uma amnistia, é um homem mudado.

«Sou uma pessoa honesta à procura de uma nova vida», contou, assumindo que matou a primeira mulher porque estava «irritado» com o seu comportamento e a segunda porque pensava que ela andava atrás do seu dinheiro.

A apresentadora do «Luck of the draw» (a sorte do sorteio, na tradução literal) acabou por pedir ao candidato que abandonasse o programa.