Christian Pham não queria acreditar naquilo que lhe estava a acontecer. O jogador de poker profissional enganou-se ao inscrever-se num torneio e acabou a ter de jogar um jogo que nunca tinha jogado antes… e ganhou o primeiro prémio: uma pulseira de ouro.

Segundo a AP, Pham, de St. Paul, Minnesota, participava no World Series of Poker, em Las Vegas, junto a 219 outros jogadores, entre eles alguns ícones do poker, e acabou por os vencer, por acidente.

Ao inscrever-se, o jogador de 40 anos pagou 1500 dólares (cerca de 1335 euros) para jogar no torneio “no-limit hold’em”, mas acabou por se enganar no número do torneio e acabou por ficar inscrito no torneio “no-limit deuce to seven”, só reparando no erro quando recebeu as cartas. 

“É um jogo completamente diferente. Mentalidades diferentes. Estratégias diferentes”, afirmou Shawn Harris, responsável pela mesa final.


Ao aperceber-se do erro, Pham assustou-se, mas decidiu observar os outros jogadores, aprendendo com eles e acabando mesmo por os derrotar.

“Primeiro suspeitámos [que ele fosse novo nisto], mas se era, era muito bom”, afirmou Chris Mecklin que se encontrava sentado ao lado de Pham quando este percebeu que tinha cometido um erro. Segundo o jogador, rapidamente ficou esclarecido que Pham era um jogador experiente, mas não naquele jogo.


Ao fim de três dias de torneio, Pham acabou por receber o troféu e 81.314 dólares (cerca de 71 mil euros). 

"Quando me apercebi do engano já estava a receber cartas. Se ainda não estivessem a dar cartas eu tinha cancelado a minha inscrição. Já joguei muito poker na minha vida mas nunca tinha jogado este jogo. Acho que aprendo depressa!”, afirmou o jogador do Minnesota após a vitória ao jornal "PokerNews", acrescentando que depois desta experiência o “no-limit deuce to seven” é “capaz de ser um bom jogo” para si.