Tem 93 anos e é viúvo, mas não é isso que faz de Tom Lackey notícia. Com esta provecta idade, Tom quebrou um recorde que era dele próprio: voltou a viajar de avião, mas em pé e do lado de fora, tornando-se no mais velho wing walker do mundo e entrando novamente no livro do Guiness.

Desde os anos 80 que Tom quebra os seus próprios recordes. Este fim-de-semana, voltou a cumprir a proeza: foi uma hora e 21 minutos sobre o mar da Irlanda, antes de aterrar em segurança no aeroporto de Derry e voltar a ser notícia em todo o mundo.

«Estou feliz por ter aterrado. Foi muito refrescante, apesar de muito, muito frio e muito barulhento», disse Tom Lackey, no final da viagem-

A viagem não é feita à solta. São cumpridos alguns procedimentos de segurança: Tom viaja bem amarrado ao bimotor Boeing Stearman de 1943.

Como tudo isto também é um ato de amor, Tom viaja sempre agarrado a uma fotografia da mulher.