Uma britânica de 20 anos foi ao hospital com uma forte dor de costas, que julgava serem dores menstruais, e, sem saber que estava grávida, deu à luz uma criança. A jovem assegura que não tinha a menor ideia que estava grávida e que, durante os nove meses de gestação, nunca apresentou qualquer sintoma que pudesse indicar que um bebé vinha a caminho.



A jovem, residente em Dover, foi ao hospital uma primeira vez e enviada para casa, porque os médicos não conseguiram identificar as razões das dores de que se queixava. Medicaram-na com anti-inflamatórios e calmantes e deram-lhe alta.

Quando estava prestes a chegar a casa, a dor tornou-se insuportável e Sophie foi obrigada a voltar para o hospital, desta vez, de ambulância. Foi ainda no caminho, quando era observada pelos paramédicos, que Sophie soube que estava grávida e em trabalho de parto.

Meia hora depois de dar entrada no hospital, deu à luz o pequeno Thomas.

Sophie Aldridge assegura que não fazia a menor ideia que estava grávida e que nunca apresentou qualquer sintoma que a fizesse suspeitar disso. Os tops curtos e as minissaias nunca mudaram de tamanho, como comprovam as #selfies que foi publicando nas redes sociais já no final da gravidez. Sempre teve menstruações nas datas devidas. Aliás, como o seu período era suposto vir nesse dia, ela atribuiu as dores à menstruação.

«Sei que posso parecer estúpida aos olhos de muita gente, mas a verdade é que não tinha a menor ideia que estava grávida. Não tive quaisquer sintomas», contou, citada pelo «Daily Mail».

«Foi um choque terrível para toda a gente, quando cheguei a casa com um bebé», acrescentou.