Um homem do Texas, nos EUA, usou uma aplicação para encontrar o iPhone, depois deste ter caído enquanto viajava de avião. Depois de uma queda de quase 3.000 metros, o telemóvel continua a funcionar.

Ben Wilson regressava a casa, quando uma mudança na pressão do ar fez com que a porta se abrisse ligeiramente, permitindo que o smartphone caísse.

“A pressão fez com que um jornal voasse lá para fora, mas eu não vi o telemóvel ir. Quando regressámos, procurei-o no chão e na minha pasta, mas não conseguia encontrá-lo”, relatou Ben ao The Mirror.


Resolveu então tentar localizar o sítio onde o telemóvel poderia ter caído, usando a aplicação “Find My iPhone”. A app indicou que o telemóvel estaria a 80 quilómetros do local da aterragem, numa propriedade rural.

Para sua surpresa encontrou o iPhone “inteiro, um pouco desgastado nas extremidades”, mas a funcionar plenamente.

O homem calculou a distância da queda com do site FlightAware, que lhe disponibilizou a informação sobre a altitude a que o avião voava.