Um homem de 61 anos vai lançar-se, no próximo sábado, de um foguete construído por si. O motorista de limusinas da Califórnia espera atingir mais de 500 metros no ar, com o intuito de comprovar que a Terra não é redonda.

O grande objetivo de Mike Hughes é conseguir chegar mesmo acima da Terra, fotografá-la e provar que todos vivemos num planeta em forma de disco, e não num planeta redondo.  

“Eu vou acabar com a ideia de que a Terra é redonda”, diz, citado pela Associated Press.

O motorista tem construído vários foguetes ao longo do tempo. O primeiro acabou por voar, em 2004, ao longo de um quarto da distância que pretende percorrer no voo de sábado.

Mike Hughes acredita que a Terra é plana e demorou a angariar fundos para o projeto.

Hughes não vai ter a oportunidade de testar o foguete antes de se lançar ao ar. 

“É muito assustador, mas também ninguém vai deixar este mundo vivo.”