Um taiwanês, de 58 anos, morreu num cibercafé após passar mais de 24 horas a jogar ininterruptamente um famoso jogo de combate, provavelmente devido a uma paragem cardíaca, informaram hoje fontes da empresa à agência Efe.

O homem, de apelido Chen, que costumava jogar 24 horas seguidas no cibercafé, quase sempre um jogo de combate, foi encontrado morto há dois dias, explicou um funcionário à agência noticiosa espanhola.

“24 horas depois de ter começado a jogar notámos que estava a dormir e pensámos que estava a descansar e não o quisemos acordar, apesar de já terem passado as horas pelas quais pagou”, disse o funcionário, indicando que na manhã do dia seguinte, quando já havia passado 36 horas no cibercafé, os empregados aproximaram-se para o acordar, reparando então que o seu corpo estava rígido e frio, tendo chamado uma ambulância.