A Universidade de Kasetsart, em Banguecoque, Tailândia, obrigou os alunos a utilizarem uns capacetes anti-copianço, durante os últimos exames na instituição. A imagem, dos jovens com os «capacetes» foi divulgada no Facebook, mas entretanto retirada devido à polémica que causou nas redes sociais, escreve o «Bangkok Coconuts», um site com notícias sobre a cidade.

O capacete é composto por folhas A4 brancas, presas noutra folha colocada à volta da cabeça. Os olhos ficam tapados e nãos e consegue ver o que o colega do lado está a escrever.

Não se sabe ao certo quantos alunos foram obrigados a usar o capacete, nem quantas vezes ele foi utilizado. O próprio site «Bangkok Coconuts» pede ajuda aos leitores para recolher informação sobre o assunto.